Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sofi Plus Four

O meu nome é Sofia, mãe de 3 filhos, coração do Norte, a viver em Lisboa há uns anos. Somos uma família de 5, animada, destemida, sempre prontos a fazer as malas e viver novas aventuras Home is where my family is.

Sofi Plus Four

O meu nome é Sofia, mãe de 3 filhos, coração do Norte, a viver em Lisboa há uns anos. Somos uma família de 5, animada, destemida, sempre prontos a fazer as malas e viver novas aventuras Home is where my family is.

15
Nov19

New York - Empire State of mind - parte I

Não imaginam como me sabe bem escrever este post. Nova Iorque é para mim, por várias razões, uma das cidades mais queridas do mundo e onde mais gosto de voltar (a par com Londres mas esta ficará para outro post)! A Big Apple é uma cidade que se ama ou odeia mas à qual é impossível ficar indiferente!

Na verdade é engraçado pois nunca fui a Nova Iorque com olhos de turista. A primeira vez que fui a esta cidade foi em Abril de 2006 (grávida da Francisca) e mentalmente já estávamos a fazer as malas para nos mudarmos para lá em Outubro desse mesmo ano!

Foi uma viagem que conjugou uma visita turística (típica de quem se desloca a primeira vez a uma cidade) e vários passeios de "prospecção" pelos vários bairros de Manhattan para tentarmos perceber onde é que a nossa família se iria "encaixar" melhor!

Quando nos mudamos em Outubro de 2006 já adorava a cidade e estava apaixonada pelo bairro familiar que escolhemos (no Upper West Side mesmo ao lado do Riverside Park) mas ainda ia um pouco céptica se me iria adaptar ao ritmo frenético e fervilhante da cidade. Hoje posso dizer que foram dos melhores dois anos da nossa vida!

Depois do nosso regresso "às origens" em 2008 já regressamos inúmeras vezes à cidade e voltar tem sempre um gostinho bom de regresso a casa. Já passaram mais de 10 anos mas cada vez que vamos e começo a vislumbrar os edifícios mais emblemáticos desta cidade e nos começamos e embrenhar pelas suas ruas turbulentas continuamos a ter um sentimento de pertença! 

Vou dividir as minhas dicas em dois posts: um primeiro com os principais locais a visitar - do nosso ponto de vista - (dividido por bairros) e alguns conselhos mais dirigidos a quem não conhece bem a cidade e um segundo com os nossos "spots" preferidos na cidade e algumas visitas alternativas para quem já conhece os cantos à casa e quer ter uma experência diferente, e também dicas de restaurantes e bares de que gostamos na cidade. Espero que vos ajude numa futura visita à Big Apple.

O que do meu ponto de vista não devem perder:

(i) Downtown e Brooklyn:

Uma das coisas que vale a pena fazerem, principalmente numa primeira visita à cidade, é atravessarem a ponte de Brooklyn a pé. A melhor opção é apanhar o metro (linha vermelha) até Brooklyn e depois atravessar a ponte a pé até Manhattan. A vista é extraordinária e um spot incrivel para grandes fotos!

Mas antes de atravessarem a ponte passeiem nos jardins do DUMBO (Down Under Manhattan Bridge Overpass) e vão até Washington Street. A esquina desta rua com a Water Street é palco de algumas das fotos mais icónicas desta cidade.....

Percorram a Brooklyn Heights Promenade e apreciem a vista sobre o skyline de Manhattan e aproveitem a tranquilidade do bairro de Brooklyn Heights (um dos mais requisitados da zona) antes de voltarem para o buzz da cidade.

IMG_7619.JPG

IMG_7637.JPG

Se tiverem fome e forem fãs de pizza vão até à Pizzaria Grimaldi's (19 Old Fulton Street). Fica mesmo por baixo da Ponte.

De volta a Manhattan percorram o Finantial District e visitem o One World Trade Center e subam ao One World Observatory. Este edifício ocupa uma parte do local em que se encontravam as Torres Gémeas. De forma a evitarem filas comprem os bilhetes para subir ao Observatório online (aconselho o mesmo relativamente a todas as outras visitas que fizerem a museus e outros monumentos na cidade para não pderderem tempo em filas).

Podem também visitar o Memorial e Museu Nacional do 11 de Setembro. É uma visita que se pode tornar bastante emotiva mas sendo um marco tão grande e tão relevante da história contemporânea e cujas ondas de choque afectaram todo o mundo não só pelo atentado em si mas por tudo o que os mesmos desencadearam que penso que será uma pena passar esta visita.

Passem também pela City Hall, pela Wall Street Stock Exchange, pela Trinity Church e pela St Paul's Cathedral.

E, claro passem pela estátua do touro de Wall Street. Lembram-se de ver também a estátua de uma menina que encarava o touro em ar de desafio (símbolo do women empowerement)? A mesma foi mudada para a New York Stock Exchange, no seu lugar agora encontram a placa abaixo.

Placa Estátua menina touro.jpg

Se tiverem tempo aproveitem também para passear pelos jardins de Battery Park. Esta zona habitacional tem uns jardins lindos e uma zona pedonal enorme com uma vista fantástica sobre a Estátua da Liberdade e Ellis Island.

Se quiserem ir mesmo ao Museu Nacional da Estátua da Liberdade e ao Museu de Imigração de Ellis Island podem comprar um bilhete combinado que vos permite ir aos dois locais. Sinceramente vivemos 2 anos em Nova Iorque e nunca lá fomos mas se estiverem interessados deixo aqui um link onde podem comprar os bilhetes:

https://www.statueoflibertytickets.com/?gclid=Cj0KCQiAk7TuBRDQARIsAMRrfUZIw6J5JVXVEfl00zBwjdp-uvYf_ffsZHMo_l4mwY5jTNr5dCTMV-saAmbHEALw_wcB

O que acho que vale mesmo a pena é apanhar o Staten Island Ferry. Além de ser um serviço inteiramente gratuito providenciado pela Câmara de NY permite-vos passar ao largo da Estátua da Liberdade, de Ellis Island e da Governor's Island e ter uma vista maravilhosa (vão se possível num dia de sol) do skyline nova-iorquino! O ferry funciona 24h por dia e 7 dias por semana e existem ferry tipo de 20 em 20 minutos.

A ideia é fazer a viagem de ida e volta para Staten Island (não vos aconselho a sair em Staten Island...não tem grande coisa para ver) e aproveitar as vistas!

(ii) Greenwich Village e Soho

O ideal é começar o passeio por Greenwich Village, pelo Washington Square Park, e depois deambulando pelas ruas vão se dirigindo para o Soho.

Não percam no percurso a Bleecker Street. É uma rua com edifícios lindos e imensas lojas de marca cujas montras nos atraem como imans (cuidado!) na qual, mesmo que não comprem nada, vale a pena passear. Se forem aficcionados de cupcakes como eu não deixem de passar na Magnolia Bakery para provar um dos famosos bolos que ficaram tão famosos com a série Sexo e a Cidade. Existem diversas lojas de cupcakes óptimas na cidade mas eu tneho uma predilecção por esta!

No Soho percam-se nas lojas Prince Street, Spring Street, Broome Street, Bowery Street: Prada, Longchamp, Victoria Secret (esta na Broadway) e muitas outras.

IMG_20181004_193936_348.jpg

Vale a pena visitar, principalmente se forem com crianças, a Color Factory que abriu recentemente (em Agosto de 2018) na Spring Street.  

Vale sempre a pena passear também em Chinatown e Little Italy (esta cada vez mais conquistada pela primeira mas que ainda mantém a sua essência na Mulberry Street). Chinatown é um bairro vibrante e densamente povoado e tem um encanto próprio que vale a pena conhecer. Se fecharmos os olhos os cheiros e sons que nos rodeiam parece que nos transportam realmente para a China.

(iii) Midtown

Se for uma primeira visita à cidade aconselho a logo no primeiro dia ao final do dia - se as horas de chegada permitirem - a irem a Times Square. Sei que parece cliché mas as luzes, o buzz, e um pouco da loucura que se vive nesta praça causam tal impacto que nos põe a cabeça à roda e por alguma razão são cartão de visita desta cidade.

IMG_20181004_081115_142.jpg

Já durante o dia vão ao Bryant Park e visitem o edifício da Biblioteca Pública (entrada pela 5.ª Avenida). Sempre gostei imenso da relativa calma deste jardim (tão próximo do movimento caótico de Times Square), local ideal para descansar um pouco e comer qualquer coisa ao ar livre para recuperar forças para a caminhada da tarde. Do lado direito do parque costuma estar um carrossel antigo lindo (se forem com crianças aproveitem!)

 Seguindo pela 42nd vão até à Grand Central Station. Vale a pena ir na rush hour, a partir das 17h para ver o movimento! Seja de noite ou de dia olhe para cima e veja as estrelas nas várias figuras de constelações pintadas no tecto do átrio principal!

Uma curiosidade: dizem que os tectos rebaixados da Whispering Gallery (Galeria do Sussurro) junto da Grand Central Oyster Bar criam um fenómeno acústico que permite conversar com alguém (em sussurro) que se encontra no canto oposto! Não custa nada, experimentem! Nunca tentei por isso se o fizerem depois digam-me se é verdade!

Outro imperdível da cidade é o percurso suspenso da Highline que liga a rua 34 à Gansevoort Street (junto ao Whitney Museum). A Highline era um antigo caminho férreo que foi desactivado nos anos 80 e que estava previsto ser desmantelada não fossem os moradores da zona (que actualmente formam os Friends of the Highline) se terem organizado para o impedir. Fazer este percurso é conhecer uma Nova Iorque tranquila, artística nestes jardins suspensos que nos permitem "sobrevoar" as várias ruas da cidade rodeados deste jardim cuidadosamente planeado mas serenamente simples.

IMG_20181004_113721.jpg

IMG_20181004_114101.jpg

IMG_20181004_115825.jpg

(iv) Upper East Side

Quanto a arranha céus icónicos com as melhores vistas (e fotos, claro) sobre a cidade, para mim na guerra entre o Empire State Building e o Rockefeller Center ganha este último!

IMG_20181006_104336.jpg

IMG_20181004_124300.jpg

Mesmo junto ao Rockefeller Center fica a Saint Patrick's Cathedral (dedicada ao santo padroeiro da Irlanda), e é a maior igreja católica dos EUA. Fica na 5.ª Avenida entre a 50 e a 51. A Catedral é linda e imponente por dentro e por fora.

Saint patrick.jpg

Aproveitem para fazer compras, ou windowshopping na 5.ª Avenida na Tiffany’s, Abercrombie and Fitch, Hollister, Cartier, Louis Vouitton, Apple Store e para as crianças: Build a Bear, FAO Schwarz (agora no Rockefeller Center e com instalações mais pequenas que a famosa loja do outro lado do Plaza), American Girl Place, entre outras ou entrar num dos grandes armazéns como o Bergdorf Goodman, Sak's, o Barney's na Madison Avenue ou o exclusivo Henri Bendel.

Não percam uma visita ao MOMA (Museum of Modern Art) – para nós é claramente o museu favorito: na 53rd entre a 5.ª e a 6.ª Avenida. Para além das exposições permanentes tem sempre exposições temporárias muito interessantes. A entrada às 6.ªs feiras entre as 16h e as 20h00 é grátis (não se assustem com a fila na entrada que às vezes dá a volta ao quarteirão – é rápida). O Museu vale a pena pela colecção e pela arquitectura fantástica. A loja do MOMA situada na 53rd Street mesmo em frente à entrada do Museu tem peças de design e souvenirs giríssimos.

Seguindo pela 5.ª Avenida façam o Museum Mille (como é designada a 5.ª Avenida até ao Guggenheim, passando pelo Metropolitan Museum (MET). Uma das alas e a cafetaria têm uma vista fantástica para o Central Park uma vez que o museu está inserido no mesmo.

IMG_20181005_122618.jpg

Se a vossa visita à cidade for entre Abril e Outubro não deixem também de ir ao Cantor Roof Garden Bar nos terraços do MET. A hora ideal será ao final do dia (eles têm um sunset happy hour) para ver o pôr do sol com vista para o Central Park.

A escolha dos museus a visitar é muito pessoal e depende do tipo de visita e do tempo que têm para conhecer a cidade. 

Para quem vai com crianças (e não só) um "must see" é sem dúvida o Museu de História Natural (fica no Upper West Side). O esqueleto de T Rex no átrio principal do museu impressiona logo e é cartão de visita do museu, mas não deixem também de visitar o Rose Center for Earth and Space (que fica dentro do museu em instalações contíguas ao mesmo). O museu faz este ano 150 anos e tem uma série de eventos e exposições comemorativas do aniversário.

Mais uma vez, e tal como em relação a todos os outros museus e visitas, aconselho a comprarem os bilhetes online para evitarem perder tempo em filas. 

Deixo para o final aquele que é para nós o centro vital da cidade: o Central Park. Desde que chegamos à cidade este foi logo um dos nossos locais preferidos para passear, levar a Francisca (na altura a única fuguinhas) ao parque, fazer piqueniques, visitar os animais residentes no Central Park Zoo ou, um dos nossos programas preferidos, para um brunch no The Boathouse.

Durante todo o ano passam-se sempre 1001 coisas neste parque: aulas de yoga, aulas de ginástica de mamãs com os carrinhos de bebé ao seu lado, pais e filhos a jogar baseball, crianças a brincar nos diversos parques infantis, pessoas a correr à volta do Jackie O Reservoir e por todo o parque, a andar de bicicleta, patins, skate, carruagens a passar com turistas, famílias e grupos de amigos a fazer piqueniques no Sheap Meadow, espectáculos de rua junto à Bethesda Fountain, espectáculos de teatro ao ar livre, concertos e mesmo recém casados vestidos a rigor a tirar fotografias..... e mil e uma coisas mais.

Os nossos locais favoritos no Central Park são sem dúvida o Sheep Meadow, o Belvedere Castle, Hershkey Playground, o Carrossel a Bethesda Fountain e claro o Central Park Zoo onde a Francisca adorava ir ver os pinguins e dar de comer aos animais na quintinha.

IMG_20181006_121425.jpg

IMG_20181006_132419.jpg

IMG_20181006_132312.jpg

IMG_20181006_132628.jpg

IMG_20181006_164058.jpg

Espero que estas dicas vos ajudem...Cá eu só de escrever isto e olhar para as fotografias já estou cheia de vontade de voltar.

Mas gosto de pensar que levando convosco na vossa mala estas minhas dicas é como se levassem um bocadinho de mim para essa selva de pedra que eu adoro.

Brevemente sai um novo post com mais dicas desta cidade maravilhosa com restaurantes, bares e locais diferentes para conhecer para quem já conhece a cidade ou simplesmente quer tornar a sua visita diferente.

Divirtam-se e façam como os nova-iorquinos...vivam intensamente a cidade e fiquem com este verso da Alicia Keys para vos inspirar

In New York,
Concrete jungle where dreams are made of
There's nothin' you can't do
Now you're in New York
These streets will make you feel brand new
Big lights will inspire you
Let's hear it for New York, New York, New York 

Boa viagem

Sofi

4 comentários

Comentar post

Sobre a blogger

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Ana D.

    O comentário acima é meu. Peço desculpa pelo lapso...

  • Anónimo

    Muito obrigada pelas sugestões!!Também tenho uma l...

  • Sofi

    Olá! Ainda bem que gostaste das dicas! Bjs grandes...

  • Anónimo

    Boas sugestões,e o tempo no Porto está óptimo! Bji...

  • Sofi

    Que bom saber que gostou! é muito bom receber o vo...

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub