Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sofi Plus Four

O meu nome é Sofia, mãe de 3 filhos, coração do Norte, a viver em Lisboa há uns anos. Somos uma família de 5, animada, destemida, sempre prontos a fazer as malas e viver novas aventuras Home is where my family is.

Sofi Plus Four

O meu nome é Sofia, mãe de 3 filhos, coração do Norte, a viver em Lisboa há uns anos. Somos uma família de 5, animada, destemida, sempre prontos a fazer as malas e viver novas aventuras Home is where my family is.

21
Set20

Paris mon amour!

Quando toda esta pandemia começou ainda tive esperanças de fazer muitas das viagens que tínhamos planeado para 2020 mas depois o raio do vírus foi-nos obrigando a desmarcar todas as viagens em catadupa. A ideia de ainda fazer uma viagem fora de Portugal este ano tornou-se uma miragem.

Mas as melhores surpresas são as mais inesperadas por isso quando surgiu a oportunidade de acompanhar o Pedro este ano numa viagem de trabalho a Paris nem hesitei!

Se tive medo de viajar nesta altura? Sinceramente não. Sabendo que ia tomar todos os cuidados de higiene e distanciamento (possíveis) a que esta situação obriga senti que fazer esta viagem era perfeitamente natural. E depois atendendo ao que nesta fase se sabe sobre a doença, que é pouco, tanto podia apanhar o vírus em Paris como numa ida ao supermercado ao lado de casa.

E desde já deixem que vos diga, se se sentem seguros e têm possibilidades de viajar façam-no mal possam!

É uma oportunidade única e, espero que, irrepetível, de conhecer as cidades com outra aura e calma, sem filas de turistas à porta dos museus e monumentos, sem troleis com rodas a circular aos magotes pelos passeios…enfim, mais “ao naturel”!!

Já não ia a Paris há 15 anos!!!! E perguntam-me porquê? Nem eu sei responder. Visitei inúmeras vezes Paris na infância e adolescência e foi nesta cidade luminosa que eu e a minha cara metade comemoramos o nosso primeiro ano de casada e depois por qualquer razão que não sei explicar não voltamos mais (apesar de termos levado os miúdos à Eurodisney). Fomos visitando outras cidades, outros países, alguns até bem mais distantes e Paris foi ficando sempre “para outra altura”.

E depois de lá ter voltado agora, como me arrependo!

A cidade do amor recebeu-nos despida de turistas mas plena de vida e com todo o seu glamour!

Vou-vos deixar abaixo todas as dicas dos locais mais imperdíveis a visitar e de lojas e restaurantes de tarar para que possam tornar a vossa próxima visita à capital do amor inesquecível!

Locais imperdíveis a visitar:

  1. A esbelta e maravilhosa Torre Eiffel que nos olha majestosa de vários pontos da cidade é claro um ex libris! E se forem ainda nesta fase aproveitem para subir porque não há filas.

Aproveitem para dar um passeio no Champ de Mars. Os jardins são lindos!

IMG_20200908_212107.jpg

IMG_20200910_094936.jpg

 

  1. Os Jardins de Luxemburgo

Que jardim fantástico! Aqui podem dar um passeio, sentarem-se nas cadeiras estrategicamente colocadas em vários pontos do jardim e apanhar uns banhos de sol, comprar o almoço num quiosque e fazer um piquenique no jardim e ficar ali um bocado a ver a vida a passar!

IMG_20200912_124301.jpg

 

  1. Se forem com miúdos, ou mesmo não indo, não percam o Museu de História Natural de Paris localizado no Jardin des Plantes!

    4. Museu Rodin: este museu pequeno e cativante fica localizado mesmo ao pé dos Invalides e vale a pena ser visitado. Aqui podem ver a célebre estátua do Pensador e passear nos belos jardins pintalgados aqui e ali por belas estátuas do artista.

IMG_20200909_102521.jpg

IMG_20200909_103257.jpg

IMG_20200909_105621.jpg

IMG_20200909_104319.jpg

  1. O Museu do Louvre claro. Um clássico e imperdível. Mas cuidado! Como devem imaginar o museu é gigante por isso vejam antecipadamente o que querem visitar exactamente dentro do museu. Dizem que leva toda uma vida a visitar todo o museu por isso como devem ter os dias contados em Paris convém levarem a visita estudada. Quando lá estive também havia zero pessoas na fila para entrar no museu. Chega a ser deprimente. Mas para quem quer visitar sem ficar horas na fila é a altura ideal para o fazer.

IMG_20200910_123623.jpg

Comecem o vosso percurso para o Louvre na Place de la Concorde e depois sigam pelos Jardins das Tulherias até ao Louvre! É um passeio maravilhoso.

IMG_20200910_111020.jpg

IMG_20200910_105528.jpg

  1. Passear no Bairro de Le Marais

Este bairro (onde habitualmente não há enchentes de turistas) e que ainda respira a sua herança judaica é para mim dos mais bonitos de Paris. Super trendy, cheio de bares e restaurantes cheios de pinta, com esplanadas que convidam a ficar, galerias de arte, lojas bohemian chic, joalharias e também, com alguns dos hóteis boutique mais vintage e convidativos de Paris, um dos locais de eleição para ficar a dormir.

Para almoçar foi-nos recomendado por um “local” o Glou Le Marais. Para beber um copo não faltam sítios cheios de onda, mas se quiserem ver o pôr do sol vão ao Le Perchoir.

Passeiem pela Place des Voges e pelas suas galerias repletas de galerias de arte, restaurantes e esplanadas e depois embrenhem-se pelas ruas do bairro.

IMG_20200910_171443.jpg

IMG_20200910_174346.jpg

  1. Tenho que assinalar aqui algumas das pontes mais bonitas e que mais me encantaram em Paris: a Pont des Arts, a Pont Senghor (para mim a mais bonita, podem fazer esta ponte para passarem dos Jardins das Tulherias para o Museu Quais D’Orsay), a Pont de la Concorde (que liga os Invalides ao Grand Palais e ao Petit Palais) para mim são as mais bonitas.

IMG_20200910_101736.jpg

IMG_20200912_153259.jpg

 

  1. Se forem fãs dos pintores impressionistas visitem o Museu d’Orsay. Só pela beleza do edifício já vale a pena!

IMG_20200910_113104.jpg

IMG_20200910_114919.jpg

  1. Montmartre e Sacre Coeur: vale sempre a pena, principalmente nesta época em que não há turistas é uma zona linda para dar um bom passeio e exercitar as pernas com as muitas escadas que levam ao Sacre Coeur. Mas vale a pena o exercício pela vista e pela beleza da Catedral!

IMG_20200911_155440.jpg

IMG_20200911_155304.jpg

  1. Ir ao Pigale e ao Moulin Rouge: o famoso bairro da luz vermelha de Paris tem-se tornado uma zona cheia de onda e movida. Cheia de restaurantes, bares e esplanadas vale a pena uma incursão nocturna.

IMG_20200910_214005.jpg

  1. Calcorrear o Bairro Saint German de Prés: este é um dos bairros mais chics de Paris e ao qual vale a pena irem se tiverem intenções de fazer umas compras em Paris. Vale a pena calcorrear as ruas com casas lindas, cheias de varandas floridas e terraços convidativos e perderem-se nas montras das lojas (para compras não percam a Rue do Bac!!). Mais abaixo já vos indico algumas lojas que podem encontrar nesta zona.

IMG_20200909_112038.jpg

IMG_20200909_120538.jpg

IMG_20200909_130427.jpg

  1. Irem ver como correm as obras de reconstrução da Notre Dame. Apesar de ser triste ver a Catedral tão danificada as obras de reparação já estão em curso e vale a pena ver a bela fachada do edifício que se mantém imponente.

IMG_20200910_153514.jpg

  1. Passear nos Champs Élysées a trautear a famosa música e passar no Arco do Triunfo, na Place de La Concorde, na Place de la Madeleine (aproveitem para visitar a igreja, é muito bonita) ou ser ofuscado pelo brilho das jóias na Place Vendôme, ou babar à frente das montras da boutiques da Rue Saint Honoré.

IMG_20200911_105833.jpg

IMG_20200911_113820.jpg

  1. Era suposto fazermos o Coulée Vert (jardim suspenso construído sobre um viaduto ao estilo da Highline de Nova Iorque). Esta “Promenade Plantée” como também é conhecida fica a cerca de 7 metros sobre as ruas movimentadas e edifícios imponentes de Paris e se tiverem tempo vale a pena a visita! A entrada é gratuita.

Deixei-vos vários locais que considero imperdíveis visitar mas na verdade é muito difícil fazer só um roteiro de Paris. Esta cidade maravilhosa tem inúmeros bairros, ruas, zonas, monumentos que merecem ser visitados e cada visita a Paris permite explorar sítios novos e surpreendentes.

Dicas preciosas:

  1. Até aos 18 anos as entradas nos museus e monumentos são gratuitas!
  2. Levem sapatos bons para andar kms (sapatilhas é o ideal!). Paris é plana mas enoooorme!! Uma boa opção para fazer trajectos maiores são as trotinetes e bicicletas que estão espalhadas por vários pontos da cidade.
  3. Vivam a cidade. Sentem-se numa esplanada e vejam a cidade a passar!

Restaurantes:

Onde fomos:

  1. Café Varenne (ideal para descansar de uma manhã de compras, ou window shopping no bairro de Saint Germain de Prés) este café situado numa esquina da Rue Varenne com a Rue do Bac é o local ideal para observar o buliço da zona. Experimentem o tártaro de novilho! Amei!!

    IMG_20200909_122304.jpg

  2. Chez L’Ami Jean: bistro tipicamente francês com ambiente muito acolhedor. Especialidades que adoramos: terrine de entrada, um estufado de borrego maravilhoso e o rei da lista o arroz doce, de comer e chorar por mais (aconselho a dividirem o arroz doce!)
  3. La Perruche: no rooftop dos armazéns Printemps mesmo ao pé da Ópera de Paris este espaço ganha não só pelo ementa mas também pelo ambiente e pela vista. Fomos beber um copo ainda ao pôr do sol antes do jantar. Digam-me se a vista não é de perder a cabeça?Jantamos também no mesmo restaurante no terraço. Espaço super giro, comida estava óptima. Adoramos!

    IMG_20200909_204952.jpg

    IMG_20200909_203553.jpg

    IMG_20200909_215815.jpg

  4. Loulou: espaço lindo situado no jardim em frente ao Museu de Artes Decorativas! Se forem numa altura com bom tempo marquem com antecedência uma mesa neste espaço super trendy entre os parisienses para almoçar. Mas aviso já arranjar uma mesa não é fácil! Fomos no nosso almoço de aniversário de casamento e foi só o local ideal para comemorarmos essa data tão especial (16 anos!!). Vão com calma e desfrutem do espaço! Não se vão arrepender!
  5. IMG_20200911_120516.jpg

  6. Pinkmamma: este espaço fica na zona do Pigalle e vale pela decoração e pela simpatia do serviço, e pelos preços muito em conta, mas sinceramente o jantar não deixou saudades.
  7. La Condesa: este restaurante com uma estrela Michelin do promissor e já famoso chef Indra Carrillo (e dica de um parisiense) foi o escolhido para o nosso jantar de anos de casados. O menu de degustação é composto por 6 momentos escolhidos pelo chef e cada um deles é uma experiência sensorial completa! As fotos não fazem jus à degustação maravilhosa que nos foi apresentada...perfeito do início ao fim.

Se puderem vão também almoçar à Brasserie Lipp ou ao Les Deux Magots, duas das cervejarias mais icónicas de Paris e também situadas em Saint German de Prés (prefiro a primeira) e visitem o espaço Le Grand Épicerie de Paris (localizado nos armazéns Le Bon Marché) e sentem-se ao balcão da Petrossian com um copo de champanhe numa mão e uma iguaria desta marca na outra.

Shopping spree:

Le Bon Marché: situado na Rue do Bac este armazém é o paraíso para quem procura todas as melhores marcas mas vale a pena mesmo que não pensem em comprar nada visitarem este espaço.

The Conran Shop: loja de design com peças lindas (fiquei lá com os olhos em várias) mas que tem também souvenirs fantásticos para trazerem seja para crianças ou adultos!

Smallable: uma concept store com colecções lindas para criança, adolescente e adulto e peças de design de tarar para casa.

Vejam o site https://en.smallable.com, vão babar!

Byrd: boutique de bijuteria que descobri na Rue de Bac com peças lindas a preços bem razoáveis! Deixo-vos o site também para fazerem a vossa wishlist! https://birdyboutique.fr/.

Enfim....foram 4 dias intensos em que calcorreei uma boa parte da cidade a pé e matei saudades daquela que confirmei que ainda é para mim uma das capitais europeias preferidas! Au revoir Paris! A tout alors!

Depois destes dias idílicos passados na majestosa Paris prometo não passar mais 15 anos sem lá voltar ma chérie. Aliás, já temos uma viagem na manga para fazer com os miúdos que inclui uma ida à Eurodisney e uns dias nesta cidade que já me deixa saudades!

Espero que gostem das dicas!

E se puderem não tenham receio de viajar. Escolham o destino com cautela, informem-se antes mas saibam que ainda é possível viajar em segurança.

Bon voyage!

Sofi

Sobre a blogger

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Ana D.

    O comentário acima é meu. Peço desculpa pelo lapso...

  • Anónimo

    Muito obrigada pelas sugestões!!Também tenho uma l...

  • Sofi

    Olá! Ainda bem que gostaste das dicas! Bjs grandes...

  • Anónimo

    Boas sugestões,e o tempo no Porto está óptimo! Bji...

  • Sofi

    Que bom saber que gostou! é muito bom receber o vo...

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub