Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sofi Plus Four

O meu nome é Sofia, mãe de 3 filhos, coração do Norte, a viver em Lisboa há uns anos. Somos uma família de 5, animada, destemida, sempre prontos a fazer as malas e viver novas aventuras Home is where my family is.

Sofi Plus Four

O meu nome é Sofia, mãe de 3 filhos, coração do Norte, a viver em Lisboa há uns anos. Somos uma família de 5, animada, destemida, sempre prontos a fazer as malas e viver novas aventuras Home is where my family is.

23
Jul20

Eu fico em Portugal!

Muitas vezes quando pensamos em férias paradísiacas vêm nos à cabeça ilhas tropicais longínquas, florestas densas na Ásia, templos mágicos na Indonésia, safaris em África, praias de areia branca e águas cristalinas nas Maldivas ou numa ilha da Tailândia.

Mas aqui mesmo no nosso ninho lusitano temos paraísos escondidos à espera de ser descobertos e alojamentos maravilhosos pelos 4 cantos do país quer vos apeteça partir à aventura com a família, uma escapadinha romântica a dois, sentir o cheiro a maresia ou embrenharem-se na natureza verdejante do interior. 

E neste ano tão especial que nos obrigou a esquecer as viagens longínquas e olhar para o que temos aqui mesmo ao nosso lado, que nos obrigou a parar, focar-nos na família, consumir mais local e passear "cá dentro", vamos lá partir à aventura e conhecer o nosso fantástico país.

Por isso, e porque tenho pesquisado muito alojamentos por este país fora para as escapadinhas que temos planeadas este ano, deixo-vos aaqui algumas ideias de sítios que já conhecemos e adoramos e outros sítios que estou mortinha por ir experimentar!

- Para aventuras em família:

1. A Herdade da Matinha (Cercal):

O sonho que Mónica e Alfredo idealizaram a primeira vez que viram este vale verdejante no Cercal é o local ideal para aproveitar a calma e lentidão do decurso do tempo no campo com as melhores praias da costa vicentina a dois passos.

Aqui podem fazer um retiro de Yoga, fazer um passeio a cavalo no campo ou à beira mar ao pôr do sol ou simplesmente saborear um belo copo de vinho no alpendre com boa música de fundo!

É um local que pela versatilidde e diferentes experiências que oferece é fantástico para usufruir em família ou a dois.

Foto Matinha.jpg

2. Terra do Sempre (Grândola):

Nesta casa podem viver as aventuras de Alice no pais das maravilhas, Tom Sawyer, Peter Pan e Robin Hood, sonhar com o amor de Romeu e Julieta ou "acampar" nas tendas África minha, Hakuna Matata ou Tarzan e Jane.

No Verão têm noites de jantar tipicamente alentejano preparado pela Dona Gertrudes e cinema no jardim para os mais pequenos, passeios à quinta da Dona Gertrudes para ver se nasceram novos patos, cabras ou ovelhas bebés, surf na praia do Carvalhal, yoga e massagens, passeios a cavalo no campo ou na praia.

As belas praias de Melides, Aberta Nova, Pêgo e Carvalhal estão a dois passos e se forem com os pequenotes podem sempre fazer uma visita ao Badoca Park!

IMG_9937.JPG

IMG_9955.JPG

IMG_9989.JPG

3. Zmar Eco Experience (Zambujeira do Mar):

Perto da Zambujeira do Mar e de Vila Nova de Milfontes este é um destino muito procurado por famílias que nós ainda não experimentamos. O hotel tem por base um conceito de sustentabilidade ambiental e proximidade das crianças com a Natureza. Têm 3 piscinas (uma de crianças, uma exterior com 100 metros e uma piscina interior aquecida de ondas!)

Manter a família ocupada não é difícil com bicicletas à disposição, campos de ténis e padel, circuitos de arvorismo, uma quinta pedagógica com vários animais, a Casa Kidz com workshops e ateliers para os mais pequenos....

Zmar eco.png

4. Ohai Nazaré (Nazaré):

Outro local que queremos muuuuito conhecer! Para quem vai com crianças o parque aquático e o parque infantil são o must deste hotel.

Se querem desfrutar da natureza perto das melhores praias de surf do país e conhecer a beleza da Nazaré têm de visitar este espaço.

E para quem tem amigos patudos em casa saibam que o Ohai é pet friendly. Aqui os vossos amigos patudos têm um circuito de agilidade à disposição e chuveiros.

5. Casas da Estação (Beirã Serra do Marvão):

Este é um dos locais que planeavamos visitar este Verão mas quando nos lembramos de começar a fazer marcações estava cheio. Além disso teriamos de levar a Becas (a nossa cadelinha) e neste espeaço não aceitam animais. (apesar do booking dizer que sim confirmei directamente com a proprietária).

As Casas da Estação ficam em frente da bela Estação de Comboios da Beirã e são o local ideal para explorar as maravilhas da Serra do Marvão. Em cada uma das casas disponíveis podem usufruir com a vossa família de um espaço relaxante e tranquilo onde podem desligar do mundo, com toda a segurança e mantendo se assim quiserem o necessário isolamento. 

- Para uma escapadinha romântica a dois:

1. Hotel and Croquet  (Ferreira do Alentejo):

Este hotel boutique com ar super british é um local super charmoso para usufruir de uns dias calmos a dois. Já anda a chamar por nós há uns tempos para um fim de semana romântico mas ainda não tivemos oportunidade de ir conhecer.

Os quartos têm entrada independente para maior privacidade dos hóspedes.

Para os afficionados disponibiliza um campo oficial de croquet aprovado pela Federação Mundial de Croquet.

hotel and croquet.jpg

2. Casas do Côro (Marialva):

Um amigo falou-nos neste espaço há uns dias e andamos ansiosos por marcar uns dias a dois neste hotel.

Estamos no entanto um pouco indecisos entre irmos sozinhos ou com a familia toda atrás porque a zona tem coisas lindas para visitarmos com os miúdos como a própria aldeia de Marialva e as pintura e museu de Foz Côa.

Vão ver o site, deliciem-se e planeiem uns dias de descanso e belos repastos e especialidades beirãs.

3. Quinta da Comporta (Comporta):

Este espaço emano o espírito boho-chic da Comporta que adoro! Também está na minha lista de locais "must go" com o maridão!

4. Areias do Seixo (A-dos-Cunhados, Torres Vedras):

Este hotel que consegue aliar o luxo e a simplicidade de uma forma brilhante vale a pena conhecer não só pelo maravilhoso espaço mas pela experiência gastronómica que oferece aos hóspedes.

Brindar à vida ao por do sol no círculo de fogo, dar um passeio de bicicleta,  ter uma aula de yoga ao ar livre com o som do mar a bater nas rochas são algumas das experiências que podem ter neste hotel que nos convida a desligar do mundo e ligar-nos à natureza e sentir o tempo andar mais devagar!

A voltar, certamente!!

5. Moinhos de Ovil (Baião, Douro):

Este paraíso perdido em Baião com decoração super cozy e rústica a transbordar charme convida a ir e ficar uns dias e esquecer a vida lá fora!

Deixo-vos estas palavras de Isabel Saldanha que descrevem bem o local: "Os Moinhos de Ovil têm essa magia, esse toque de pó de fada, esse brilho. E nós voltamos de lá mais PAN´s que Peter, deixámos os ganchos na corrente do rio e chegamos a Lisboa com a certeza que ainda temos alma de meninos perdidos. E que voltaremos, as vezes que forem precisas, para nunca nos chegarmos a encontrar. Só porque a graça da magia, dizem as fadas mais sábias…está no brilho da procura eterna."

 Este é um daqueles locais que ainda não conheço mas rapidamente tenho de mudar isso!

6. Vale do Gaio (vila do Torrão Alentejo):

Já estivemos neste espaço antes de ter a Benedita e a primeira imagem que me vem à memória é do maravilhoso terraço sobre a Albufeira do Vale do Gaio com refrescantes sprinklers por cima onde sabe bem almoçar ou beber uma bebida depois de jantar.

Comemos sempre maravilhosamente bem e fomos super bem recebidos!

Este é um espaço para usufruir do silêncio e descansar. Seguramente um local onde queremos voltar.

- Se não se importarem este ano de fazer uma pequena viagem de avião:

Quinta da Abelheira (Fajã de Baixo, São Miguel)

Este turismo rural em São Miguel convida a que os hóspedes se sintam confortáveis e em casa.

A Quinta beneficia de uma localização privilegiada com vistas para a montanha verdejante e o azul do atlântico e é o "quartel general" ideal para partirem à descoberta das maravilhas desta ilha esmeralda!

quinta da abelheira.jpg

Espero que gostem das minhas sugestões.

Estamos agora quase quase de partida para a primeira parte das nossas férias para uns dias em família a Norte onde vamos descansar, respirar ar puro e ganhar energias para a etapa seguinte: se tudo correr bem uma dia à Ilha da Madeira!

Depois conto-vos tudo!

Aproveitem bem o nosso país este ano! Façam as malas e partam à descoberta das maravilhas de Portugal!

Boa viagem 

Sofi

 

10
Fev20

Vamos ali à Serra da Estrela e vimos já!

Já há algum tempo que andávamos a programar uma ida à Serra em família para matar saudades da neve e apresentar a Benedita ao mágico reino da Elsa ;).

É um local que me traz boas memórias pois foi na Serra da Estrela, mais concretamente em Manteigas que comecei a namorar com o meu marido, faz este ano 22 anos (sim, mais de metade da nossa vida juntos!).

O tempo e a sua previsibilidade já não são o que eram! Marquei já há alguns meses o nosso fim de semana relâmpago na Serra da Estrela e apontei para o início do mês de Fevereiro contando que por esta altura a Serra estivesse toda "vestida" de branco!

Mas as alterações climáticas trocaram-nos as voltas e neve....bem, quase nem a vimos!

Mas com neve ou sem neve o importante era viver em pleno mais uma roadtrip em família...e assim foi!

Aproveitamos as viagens de carro para jogar jogos, pusemos as conversas em dia e ainda conseguimos encontrar um bocadinho de neve (literalmente um bocadinho!) para fazer uma batalha de neve e para a Benedita poder andar de trenó!

No sábado fomos directos de Lisboa à Casa das Penhas Douradas! Nestea cabana mágica na montanha, com decoração e design nórdico tivemos um almoço fantástico e matamos saudades de bons dias lá passados quando a francisca e o Gonçalo eram mais pequenos.

IMG_20200208_151804.jpg

IMG_20200208_152545.jpg

Depois não nos deixamos abater pela ausência de neve e arriscamos uma subida à Torre.

Ainda paramos na Lagoa comprida.  Esta Lagoa linda e enorme estava coberta de nevoeiro o que, é certo, lhe dava um ar bucólico mas não deixava ver como ela é de facto...comprida! Ainda arrisquei molhar as mãos nas suas águas limpidas ...brrrr! Estava mesmo gelada!

IMG_20200208_163426.jpg

Seguimos caminho para a Torre. Ainda tinhamos pensado em alugar equipamento de ski para os mais velhos matarem saudades mas o nevoeiro estava completamente cerrado pelo que desistimos (para o ano já estão prometidas uma férias de ski!).

Como somos todos persistentes não desistimos até encontrar um local com neve suficiente para os miudos brincarem e para a Benedita andar de trenó! E o esforço foi recompensado! 

Na verdade para a Benedita que nunca tinha pegado ou visto neve aquele pedaço de terra coberto de branco foi o suficiente para momentos de pura diversão. Estava tão contente que não se importou com o frio, com as mãos geladas e a chuva que caía.

IMG_20200208_170833.jpg

IMG_20200208_170857.jpg

Gelados até aos ossos e com o sol já a pôr-se eram horas de nos instalarmos no hotel.

A ideia inicial era ficar na Casa das Penhas Douradas. Adoramos o ambiente e a paz que se respira neste hotel, com as suas madeiras claras, mantas de burel espalhadas por todos os cantos, lareiras acesas e poltronas que convidam a umas horas de leitura ou a uns jogos de cartas para aquecer do frio lá fora! Mas apesar de ter planeado este fim de semana com alguma antecedência o hotel já estava cheio. Se vierem à Serra aconselho vivamente ficarem neste hotel ou na Casa de São Lourenço, que fica um pouco mais abaixo e é dos mesmos donos. Vejam os dois hóteis aqui!

Ficamos instalados no Luna hotel dos Carqueijais. Era suposto ficarmos no Luna Hotel Serra da Estrela mas um problema de overbooking (ou simplesmente mau serviço) e fomos reencaminhados com três crianças e de malas e bagagens para o Hotel dos Carqueijais. Menos mal, pelo menos  arranjaram-nos uma mega suite onde ficamos com a Benedita  e um quarto duplo bem simpático para os mais velhos.

Como era dia de derby (Porto - Benfica) e já estavamos cansados jantamos no hotel depois do jogo e fomos descansar para acordarmos cedo no dia seguinte e aproveitarmos a manhã.

Logo a seguir ao pequeno almoço seguimos para o Covão de Ametade. É um jardim lindo noVale Glaciar do Zézere que vale muito a pena visitar. Cenário ideal para um passeio e para se aventurar em pequenas escaladas e encher os pulmões de ar puro antes de seguir viagem por estradas lindas de montanha.

IMG_20200209_111245.jpg

IMG_20200209_111627.jpg

IMG_20200209_111825.jpg

IMG_20200209_111911.jpg

IMG_20200209_114125.jpg

IMG_20200209_114431.jpg

O nevoeiro que ainda invadia as estradas e as montanhas dava um ar misterioso e bucólico à paisagem. 

IMG_20200209_110031.jpg

Seguimos para o Poço do Inferno, uma cascata de 10 metros formada pelo curso das águas da Ribeira de Leandres que é um dos "must se" da região. A estrada que segue até quase à entrada da cascata é bastante estreita, em certos pontos não passam dois carros, mas bastante transitável e este local vale certamente a pena a visita.

Feche os olhos, deixe-se envolver pelo som da água a cair e relaxe! Em alturas mais quentes as águas cristalinas da Lagoa convidam a um mergulho...mas não em Fevereiro!

IMG_20200209_124559.jpg

IMG_20200209_125237.jpg

Continuamos a nossa viagem até Seia onde já tinhamos programado visitar o restaurante Camelo, num almoço cheio de nostalgia recordando sabores e cheiros que nos ficaram na memória! 

IMG_20200209_145507.jpg

Ainda tinha planeado visitar com eles o Museu do Pão mas o sol da manhã estava mais convidativo a um bom passeio ao ar livre, por isso a ida a este Museu que vale a pena visitarem terá de ficar para uma proxima ida à Serra!

Além disso tinhamos ainda mais de 300kms pela frente para regressar a casa por isso depois de almoço fizemo-nos ao caminho de regresso a Lisboa!

Pode não ter corrido tudo como planeado mas este fim de semana fez-nos maravilhas. 

Estas horas de partilha, de convivência próxima, de novas descobertas vividas em conjunto valem ouro. Na verdade, as viagens são das melhores heranças que lhes podemos deixar. As aventuras vividas juntos, os novos locais desbravados com a sua história e cultura próprias, ficarão sempre na sua memória. 

Por isso para mim é um desafio incrível arregaçar as mangas e planear mais uma aventura para a estes meus fiéis companheiros de viagem a quem tenho uma vontade imensa de mostrar o mundo! 

E espero que vocês desse lado continuem a gostar tanto de nos seguir nestas aventuras como nós a vivê-las e que as mesmas vos inspirem! 

Boa viagem

Sofi

 

15
Jan20

Dicas para a marcação de viagens!

Olá meus queridos! 

Uma vez que ando numa senda de marcação de viagens para este ano (algumas das que vos falei no último post) lembrei-me de vos dar algumas dicas da melhor forma de pesquisarem viagens de avião e hóteis para conseguirem os melhores preços.

Para a marcação dos voos normalmente utilizo as aplicações da Skyscanner ou da Edreams.

Podem inserir as datas que pretendem (se são flexíveis ou não), destinos pretendidos, se o voo é de ida e volta ou só de ida, número de pessoas e tarifa pretendida (como viajamos normalmente os 5 é sempre económica :)).

Tenho aliás estas aplicações no telemóvel (além da aplicação do booking de que já falarei mais à frente e da Momondo que também utilizo). Podem monitorizar os preços das viagens que pretendem e criar alertas de forma a serem avisados caso apareçam viagens a preços mais baratos e receber newsletters com ideias e inspirações para as próximas viagens.

IMG_20200115_120456.jpg

IMG_20200115_120542.jpg

Screenshot_20200115_120427_com.huawei.android.laun

O programa de pontos da Star Alliance da Tap também é vantajoso por isso se tiverem muitos pontos também pode compensar fazerem a marcação através do programa Miles and Go. Por exemplo agora em Março marquei o voo para Nice através do programa de milhas da TAP e compensou imenso! 

Relativamente aos hóteis usamos normalmente o Booking, ou caso seja mais adequado para a viagem em questão um apartamento, a plataforma do Airbnb (embora prefira claramente o booking pois o ano passado a experiência do apartamento do Airbnb em San Sebastian não correu muito bem! Se quiserem depois conto-vos!!)

Para mim o Booking é uma plataforma fantástica e tem sido o ideal para a marcação das nossas férias. Aliás pelo facto de já termos efectuado inúmeras marcações através desta plataforma acedemos ao programa Genius nível 2 que tem uma série de vantagens (desde descontos entre 10% e 15% em alojamentos seleccionados, pequeno almoço gratuito em alojamentos seleccionados, upgrade de quartos gratuitos).

Além disso uma série de alojamentos têm a opção de cancelamento gratuito até uma data bastante próxima da estadia o que para nós que, por questões de orçamento tentamos organizar as férias e escapadinhas com alguma antecedência, é óptimo pois posso marcar e depois ir controlando outras opções (mais baratas ou melhor localizadas) que possam aparecer.

Faço desde já aqui um pârentisis para dizer que não estou a fazer publicidade à Booking ou a qualquer outra plataforma mencionada acima pois não tenho qualquer parceria com as mesmas. Estou apenas a passar-vos a minha experiência de utilizadora :).

Relativamente ao booking faço também aqui um alerta e dou-vos um conselho: às vezes compensa contactar directamente o alojamento e comparar o preço para a estadia pretendida. Nem sempre acontece mas já nos aconteceu a reserva feita directamente no alojamento ou no site do alojamento ficar mais barata ou porque o hotel tem algum programa de desconto específico ou por outra razão qualquer. 

Estas plataformas são realmente uma ferramenta extraordinária para quem quer viajar e permitem que organizem as vossas férias à vossa medida e estilo, com muito maior flexibilidade do que numa agência e dentro do orçamento que cada família estipule para si.

Na verdade numa agência estão muito mais presos aos programas pré-estabelecidos, estilo "pacote", e se quiserem sair desses programas pré-determinados vai-vos ficar muito mais caro. 

Mas faço aqui um pequeno aditamento: para alguns destinos podem ter toda a vantagem em marcar a viagem através de uma agência de confiança. Além de estarem totalmente apoiados caso alguma coisa corra mal no destino (o alojamento não corresponde ao pretendido, surge um problema com um transfer ou qualquer outra questão) têm um contacto directo que vos pode ajudar sem grande stress a resolver o problema.

Dito isto tudo a verdade é que para marcar uma viagem o ideal é: depois de escolherem o vosso destino, pesquisem muito, percorram as plataformas que costumam usar, ou se preferirem a uma agência da vossa confiança, para efectuar as vossas marcações e comparem sempre os preços.

E divirtam-se! Pesquisar um destino e depois planear toda a viagem pode ser extremamente divertido e se tiverem miúdos e eles forem mais velhos envolvam-nos neste processo! Eles adoram e torna toda a viagem muito mais empolgante!

Bj

Sofi

01
Out19

Road trip Parte II

Depois de deixarmos Aviles e de "mergulharmos" na maravilhosa paisagem dos Picos da Europa seguimos viagem até San Sebastian, uma cidade que já nos é muito querida e onde já nos sentimos em casa.

Foram uns dias fantásticos mas que acabaram por fugir em parte ao "roteiro" programado por causa do tempo.

No dia em que chegamos, já bem tarde e depois de muitos kms percorridos, estava um calor abrasador.

Foi tempo de pousar as malas, arranjarmo-nos e sair para jantar, rumo à Zona velha da cidade. Uma mesa já previamente reservada esperava-nos no Gandarias, apesar da hora tardia, já com uns petiscos na mesa e apesar das horas irem já avançadas desfrutamos calmamente do jantar.

De regresso ao hotel foi tempo de absorver a "movida" das ruas da zona velha, a energia efervescente das ruas dos bares aproveitando ainda para repousar o olhar sobre a bela baía da Praia da Concha, sobre as águas tranquilas e salpicadas de pontos de luz dos barcos.   

San Sebastian é uma cidade com "salero". Cheia de personalidade e uma identidade muito própria, e tem tudo aquilo de que gostamos: praia, mar, areia mas também uma "movida" cosmopolita e sofistada. Ruas ladeadas de prédios lindos cheias de bares e restaurantes com as suas barras de "pintxos" que chamam por nós, lojas que nos atraem. É uma cidade para se desfrutar, para nela se deambular sem destino.

IMG_20190725_115316.jpg

No dia seguinte fomos explorar a zona velha da cidade (o centro histórico), situada no sopé do Monte Urgull, perdendo-nos sem rumo pelas suas ruas. 

Começamos por um passeio nos jardins de Alderdi Eder, situados em frente da Câmara Municipal e com vista para a maravilhosa Baía. Um fantástico carrossel de estilo "Belle Epoque" e o parque infantil aí situados fizeram as delícias da Benedita.

Carrossel San Sebastian.jpg

IMG_20190725_121422.jpg

Recomendo a subida ao Monte Urgull até ao Castillo de la Mota para usufruir das vistas sobre a Baía.

Já eram horas de almoço e os "pintxos" ja chamavam por nós e pediam uma pausa.

Aproveitando o calor tórrido que se fazia sentir nada como uns banhos e uma tarde relaxada na famosa Praia de La Concha. para terminar o dia em grande.

No dia seguinte rumamos a França (que fica logo ali ao virar da esquina ;)): primeira paragem Saint Jean de Luz, uma pequena vila à beira mar, a poucos quilómetros da fronteira.

Parece uma cidade de bonecas, com as suas casas caiadas de branco e portadas e telhados vermelhos

Fomos directos ao mercado. Lembrava-me de ter estado no mesmo quando ainda era adolescente e do cheiro dos queijos, especiarias, foie gras que se misturavam no ar e das cores das mil frutas e legumes expostos nas bancas expostas no interior do mercado e nas bancas situados à volta do mesmo, no seu exterior.

O mercado está aberto todos os dias das 7h à 13h. O mercado exterior onde vários produtores locais expõem os seus produtos encontra-se aberto todo o ano às terças e sextas de manhã e nos meses de Julho e Agosto também aos sábados de manhã.

Vale muito a pena uma incursão por este mercado e é muito dificil sair do mesmo sem um saco com uma qualquer iguaria.

Pelo que me recordo a vila já foi mais tranquila e com muito menos turistas mas continua a ser encantadora!

Entretanto o tempo atraiçoou-nos e começou a chover torrencialmente e tivemos de nos refugiar no primeiro restaurante que encontramos. Mas não foi a chuva que nos demoveu de continuarmos a nossa viagem.

O ex-libris do dia era a passagem por Hossegor - ou não tivesse em casa dois surfistas!

Ficamos todos verdadeiramente apaixonados por esta vila cheia de pinta e vibe surf e não foi a chuva que estragou o passeio. Apenas não conseguimos apreciar plenamente a beleza das praias - com sol naturalmente teria outro encanto.

Hossegor transpira surf por todos os lados! Das montras das lojas, às famílias inteiras de surfistas com muita pinta que andam na rua, aos restaurantes. Esta vila é a alma do surf da Europa.

Adoramos e os meus filhos já só falam em fazer uma surf trip a esta zona.

Ainda deu tempo para passar em Biarritz e o sol ainda deu um ar de sua graça que nos permitiu fazer um belo passeio à beira mar.

IMG_20190726_185200.jpg

Regressamos à base e a chuva deu tréguas durante a noite o que nos permitiu aproveitar a bela "movida" de San Sebastian "by night".

IMG_20190727_205932.jpg

No dia seguinte tinhamos planeado ficar em San Sebastian e subir ao Monte Igeldo de funicular (aconselho muito - é um passeio giríssimo!), mas a chuva voltou para nos atormentar e decidimos alterar os nossos planos.

Depois de um passeio rápido pelo Parque Cristina Enea (junto à Estação Norte de comboios), decidimos partir à aventura por França novamente. O destino Pirinéus e uma vila cujo nome nos chamou à atenção mas nunca poderíamos imaginar o que nos aguardava....Saint Jean Pied de Port foi sem dúvida a descoberta mais surpreendente de todas as férias.

A viagem até esta vila encantada já valeu a pena. Estradas sinuosas ladeadas do verde mais profundo, montanhas salpicadas aqui e ali por casas, o cheiro da terra molhada da chuva.....

Saint Jean Pied de Port à primeira vista pode parecer uma típica vila medieval, mas a visão desta vila do século XII que é o ponto de partida do caminho de Santiago é como um sonho.

Entramos na parte murada da cidade pela Torre da Igreja de Notre Dame du Bout du Pont e seguimos pela rue de Citadelle a qual se encontra repleta de lojas e albergues para os peregrinos, deanbulando depois pelas ruas e vielas desta vila mágica.

IMG_20190727_163530.jpg

IMG_20190727_164104.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IMG_20190727_165055.jpgIMG_20190727_163328.jpg

 

 

 

IMG_20190727_162846.jpg

 Seguir pela rue de Citadelle subindo a colina de Mendiguren até à Cidadela (fortificação medieval) vale a pena pela vista magnífica que têm lá de cima.

Se forem gulosos (como eu!!) não deixem de parar na "La Fabrique de Macarons" para provar os vários sabores de macarons tradicionais (não aqueles cheios de cores da La Durée)...O cheiro a amêndoa e bolos acabados de fazer que enche o ar torna impossível resistir a entrar nesta loja.

Depois de mais umas voltas eram horas de regressar a San Sebastián para um último jantar de pintxos antes da partir no dia seguinte.

Em dia de despedida deixamos San Sebastián com a certeza de que iremos certamente voltar a esta cidade que já tem lugar cativo no nosso coração.

A viagem de regresso ainda teve direito a paragem na bonita cidade de Burgos e a um almoço espectacular no restaurante Casa Ojeda. Experimentem o cordero lechal (cabrito assado no forno)...não se vão arrepender!

IMG_20190728_154404.jpg

Depois de um almoço fantástico e um passeio pela cidade com paragem na Catedral de Burgos estava na hora de voltar a Portugal para descansar mais uns dias a Norte e carregar baterias depois das centenas de kms percorridos.

Terminada a nossa tão esperada road trip em família só vos posso dizer que valeu a pena! 

São dias vividos intensamente em família, muitos kilómetros percorridos, muitas experiências diferentes vividas em cada dia, muitas memórias partilhadas num curto espaço de tempo. E claro não vos posso dizer que é tudo um mar de rosas...há birras e desentendimentos, crianças cansadas ao fim de centenas de kms na estrada mas tudo passa perante a visão de uma praia paradisíaca, uma estrada de montanha mágica, uma vila de sonho, ou um belo almoço ou jantar em família regado com as histórias e aventuras partilhadas nesse dia.

Por isso carreguem o carro, peguem na vossa família e sigam estrada fora para onde o vosso coração mandar.

Boa viagem!

Sofi

26
Set19

Astúrias de mi corazón!

Vou partilhar convosco a nossa aventura em família deste Verão! Foram umas férias em que vivemos momentos inesquecíveis! Foram momentos vividos intensamente a 5. E como tudo o que é bom...acaba depressa...ou assim parece! Mas as experiências que partilhamos, os momentos felizes vividos em família permanecem gravados no nosso álbum de memórias de família para sempre.

A viagem começou no Porto depois de uns dias passados em família.

Partimos de manhã cedo para Santiago de Compostela onde passamos uma noite. Santiago é uma cidade fantástica e um dos mais importantes centros de peregrinação cristã do mundo.

Cidade imbuída de espirito peregrino vivido intensamente na Praça do Obradoiro, o culminar de uma jornada, onde o peregrino perante a fachada da magnífica Catedral pode dizer "Consegui e valeu a pena!". Infelizmente não conseguimos apreciar a Catedral em toda a sua beleza pois a mesma está em obras (embora continue aberta e acessível aos visitantes). 

Santiago é também uma cidade de tapas e copas e da famosa rota do Paris - Dakar em que o objectivo é sair do Bar Paris e chegar até ao Bar Dakar parando em cada um dos bares pelo caminho e beber um copo! Um desafio para o fígado e a carteira ;) que nesta viagem não experimentamos.

No dia seguinte era dia de partir e seguir à descoberta das belas Astúrias! As Astúrias são o palco ideal para uma road trip em família. Para percorrer as suas estradas ladeadas de belas paisagens e descobrir os seus recantos e segredos! Ficamos logo rendidos às suas encostas recortadas, paisagens verdes densas e às águas verdes cristalinas das suas praias!

A primeira paragem foi Luarca uma pequena cidade portuária que foi uma bela surpresa, quer pela beleza da zona situada junto da marina quer pela beleza da paisagem que circunda esta pequena vila! 

Seguimos viagem até à Ermida da Regalina e foi aqui que nos conquistaste completamente Astúrias. A vista do topo da Ermida é de cortar a respiração. Do lado direito em baixo fica a Praia do Cadavedo que nos cativou ao primeiro olhar e tivemos de descer  para mergulhar nas águas calmas e cristalinas desta praia rochosa e quase deserta.

IMG_2416.jpg

IMG_20190722_002148_635.jpg

 

IMG_20190721_161400.jpg

Eram horas de seguir caminho até Aviles onde ficamos a dormir no hotel Oca Villa Aviles, é um hotel bem situado e confortável com quartos modernos. Se quiserem ficar mesmo no centro de Aviles vejam o hotel NH Collection Palácio de Aviles.

Fizemos de Aviles o nosso quartel general dos proximos 3 dias.

O que recomendo visitar nesta zona:

1. Para quem vai com crianças, e não só, o Parque Pré-Histórico de Teverga é muito interessante.

O parque tem sempre diversas actividades e experiências disponíveis que podem pesquisar no site e disponibiliza também com a compra do bilhete uma visita guiada à Cueva de las Cuevas que contém diversas réplicas das grutas com pinturas rupestres mais famosas da zona. Visitem também o Museu para conhecerem um pouco mais sobre descobertas de vestígios pré-históricos das Astúrias.

Dentro do Parque Natural existem diversas rotas de montanha.

Para os afficionados de trecking deixo aqui um link com as várias rotas que podem ser feitas e o seu diferente grau de dificuldade:

https://tudohusqvarna.com/blog/natureza/rotas-pedestres-parque-natural-somiedo-asturias/

2. Senda del Oso no Parque Natural de Somiedo:

A Senda Del Oso é um trilho com cerca de 20 kms que pode ser feito de bicicleta ou, para os mais corajosos, a pé. Existem várias empresas na vila que alugam bicicletas para vários tamahos e idades e têm soluções para quem viaja com crianças pequenas e quer que as mesmas acompanhem o passeio. Pesquisem as várias empresas da zona e comparem preços. 

Foi construído sob uma antiga linha férrea mineira e mais tarde passou a ser utilizado como um caminho verde.

IMG_2427.jpg

IMG_20190722_153010.jpg

IMG_20190722_172748.jpg

 

A sensação pura de liberdade e de estarmos isolados e imersos na mais pura natureza é inexplicável. Apesar dos vários turistas que se encontram no local a fazer o percurso, na maior parte do caminho somos nós e a natureza numa harmonia e paz perfeitas. O percurso acompanha o rio Teverga e o único barulho que corta o silêncio que parece que nos abraça é o barulho da água e dos pássaros a chilrear.

Pelo caminho vão-se passando pontes e túneis que parecem ser para além de nós o único vestígio humano no percurso. Estamos rodeados por todo o lado de natureza no seu estado mais tranquilo e selvagem.

Não se assustem com os kms, o trilho é bastante fácil mesmo para quem não está habituado a fazer grandes passeios de bicicleta.

Em Villanueva podem fazer o mesmo percurso de regresso (mais 20kms) ou apanhar boleia da camioneta da empresa que alugou as bicicletas. Informem-se quanto ao ponto de encontro quando forem levantar as bicicletas.

3. Grutas de Tito Bustillo

Infelizmente não pudemos visitar estas grutas com pinturas pré-históricas. Tentei efectuar marcação online e por telefone com mais de 2 meses de antecedência mas já estava tudo cheio.

A lotação de cada visita é pequena para preservar as grutas por isso se quiserem visitar este local planeiem com antecedência.

4. Cueva de la Peña o de Candamo

Em alternativa fomos visitar estas Cuevas en Candamo (fica a cerca de 31 kms de Aviles).

É uma experiência muito interessante, e para nós foi única uma vez que nunca tinhamos visitado nada semelhante. Tivemos uma guia fantástica que nos contou toda a história e segredos deste local pré-histórico. Apenas tive pena de termos de ir em 2 grupos separados por causa da Benedita (a entrada é limitada a maiores de 7 anos).

Enquanto eu a Francisca e o Gonçalo visitavamos a gruta com o nosso grupo a nossa Mogli foi passear com o pai. Para terem uma ideia da paisagem que envolve esta zona deixo aqui uma das fotos que o meu marido tirou nesse passeio.

IMG_2438.jpg

5. Passear em Oviedo

Vale a pena conhecer o centro histórico de Oviedo. Podem visitar a Catedral de São Salvador, a Igreja de Santa Maria la Real de la Corte; o Mosteiro de San Pelayo; os Palácios de Verlarde, Valdecarzana, Camposagrado e Toreno, o Museu de Belas Artes; a Junta General del Principado.

Se puderem façam também um passeio no Campo de São Francisco e tentem encontrar a estátua da Mafaldinha (sim a personagem de banda desenhada!).

Jantamos num restaurante que nos foi recomendado por uma amiga, a Casa Glória que adoramos. Gostamos imenso do ambiente e do serviço e o jantar foi fantástico. Desculpem mas acabamos por não tirar nenhuma foto do restaurante porque nesse dia a Benedita resolveu fazer uma birra épica e acabamos por ter de jantar quase à vez ;)

IMG_20190722_211025.jpgIMG_20190722_211332.jpg

6. Praia de Gulpiyuri

Esta praia é um verdadeiro fenómeno da natureza e só por isto vale a pena ser visitada.

É conhecida como a praia mais pequena do mundo. Outra curiosidade é que esta praia se situa a 100 metros da costa (sim é verdade!) mas é banhada por água do mar que entra por um túnel que faz a ligação entre a praia e o Oceano Atlântico. 

IMG_20190723_180513.jpg

Atenção: se estiverem de carro conseguem levá-lo e estacionar quase a meio caminho entre a estrada principal e a praia.

Aconselho a irem de manhã para tentarem apanhar a praia com o menor numero de pessoas possível.

 

 

7. Cangas de Onis, Basílica de Nossa Senhora de Covadong e Santuário de Covadonga e Lagos de Covadonga

Já saídos de malas e bagagens de Aviles seguimos viagem na direcção ao Parque Nacional dos Picos de Europa.

Fomos conhecer primeiro a bela vila de Cangas de Ónis na subida para o Santuário e Lagos da Covadonga.

O ponto mais famoso desta vila é a ponte romana, apelidada desta forma mas na verdade construída na época medieval, no reinado de Afonso XI de Castela.

IMG_20190724_115320.jpg

A ponte está situada sobre o Rio Sella.

Para todos os amantes do desporto ao ar livre podem aproveitar a passagem na zona para se aventurarem numa descida do Rio Sella de canoa. Existem várias empresas situadas junto ao Rio na estrada que se dirige para Cangas de Ónis.

De todo o modo deixo-vos um link que contem mais informações sobre os vários percursos de descida e que tem os contactos de uma empresa que organiza estes percursos. A descida do Rio Sella é das actividades mais procuradas nos Picos da Europa e é uma oportunidade para poder desfrutar de uma perspectiva diferente da maravilhosa paisagem ao longo do Rio.

http://picosdaeuropa.com/o-que-fazer-turismo-activo-nos-picos-da-europa/descida-em-canoa-no-rio-sella/

O ponto alto do dia foi a subida até ao Santuário de Covadonga e aos Lagos da Covadonga.

O Santuário de Covadonga,, cravado numa gruta (a Santa Cueva de Covadonga), dedicado à Virgem da Covadonga, é uma visão quase mística (não fossem as filas de turistas à espera para poder tirar uma fotografia).

À saída da gruta, existe uma fonte de água pura. De acordo com a lenda esta será a mesma fonte que há milhares de anos matava a sede dos cristãos espanhóis, que se escondiam na gruta.

IMG_20190724_125254.jpg

IMG_20190724_130307.jpg

 

 

 

 

 

 

 

             

 

 

 

A subida aos Lagos da Covadonga apenas pode ser feita no próprio veículo até as 8h30 da manhã. Depois dessa hora a estrada é encerrada ao tráfico e o acesso apenas é possível nos transportes públicos providenciados junto ao Santuário.

A visão dos Lagos Ercina e Enol é de tirar a respiração. Os cumes das montanhas reflectidos nas águas cristalinas dos Lagos e a paisagem de um verde intenso pintalgada de centenas de vacas ficarão para sempre gravadas na nossa memória. Não tenham dúvidas as vacas são donas e senhoras deste local, onde passam os seus dias a comer erva fresca e a banharam-se nas águas frescas dos Lagos! As vacas das Astúrias também são vacas felizes!

Existem vários percursos pedestres entre os dois Lagos devidamente assinalados que vale a pena percorrer. Desfrutem da paisagem, inspirem o ar puro e tirem muitas fotos!

IMG_20190724_142610.jpg

IMG_20190724_141350.jpg

Não poderíamos ter terminado da melhor maneira a nossa passagem pelas Astúrias.

O País Basco agora esperava por nós ...mas isso terá de ficar para outro post pois este já vai longo!

Acrescento apenas o nome de alguns restaurantes que recomendo na zona:

Casa Tataguyo em Aviles (as tapas de entrada e os pratos de carne são reis neste restaurante instalado numa casinha pitoresca situada junto ao belo Parque de Ferrera). 

Casa Gloria em Oviedo - este restaurante tem uma visão mais moderna sobre as receitas tradicionais asturianas.  

Sidreria Terra Astur em Aviles. Este restaurante tem uma lista muito diversificada centrada em especialidades asturianas. Bebam um copo de Sidra, a bebida mais tradicional das Astúrias.

E assim foi a nossa road trip pelas Astúrias, no qual nos faltou ver algumas coisas mas na qual descobrimos recantos e segredos que não esperávamos encontrar! E isso é o mais importante, partirem à aventura, seja em família, sozinhos ou com amigos e descobrirem os vossos recantos, aquele lugar que vão guardar para sempre na vossa memória e que vos vai aquecer a alma quando as férias já há muito tiverem acabado!

Boa viagem!

Sofi 

 

 

Sobre a blogger

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Ana D.

    O comentário acima é meu. Peço desculpa pelo lapso...

  • Anónimo

    Muito obrigada pelas sugestões!!Também tenho uma l...

  • Sofi

    Olá! Ainda bem que gostaste das dicas! Bjs grandes...

  • Anónimo

    Boas sugestões,e o tempo no Porto está óptimo! Bji...

  • Sofi

    Que bom saber que gostou! é muito bom receber o vo...

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub